Altitude e pressão no ouvido: por que esse efeito acontece?

Descubra como aliviar a pressão no ouvido em mudanças de altitude e evite desconfortos com dicas simples e estratégias eficazes

Mariana Pimentel em Tempo de leitura: 5 minutos
Altitude e pressão no ouvido: por que esse efeito acontece?

A sensação de pressão no ouvido pode surgir devido a diversos fatores, sendo a alteração na pressão atmosférica um deles. Essa condição é notadamente percebida ao mudarmos de altitude ou ao realizar mergulhos abaixo do nível do mar.

Embora possa gerar desconforto, a pressão no ouvido é uma resposta habitual e previsível ao deslocamento para locais elevados. Se você deseja aprofundar seus conhecimentos sobre esse tema, este artigo foi elaborado pensando em você.

Explore conosco os mistérios por trás da pressão no ouvido ao enfrentar mudanças de altitude. Conheça as estratégias de alívio e medidas preventivas para manter seus ouvidos saudáveis em diferentes altitudes.

O que a altitude provoca nos ouvidos?

Ao nos deslocarmos para altitudes superiores ou inferiores, nos deparamos com um fenômeno conhecido como autofonia, também referido como ouvido abafado ou entupido. Esse processo desencadeia uma sensação de pressão no ouvido, muitas vezes acompanhada por desconfortos notáveis.

A explicação para esse fenômeno reside na necessidade de equilibrar a pressão na região média do ouvido com a pressão externa quando há mudança de altitude. Essa equalização não ocorre de forma instantânea, resultando na sensação de pressão no ouvido e na percepção de abafamento.

A complexidade desse processo pode ser mais bem compreendida ao considerar os ajustes necessários que o sistema auditivo realiza para adaptar-se às variações de pressão atmosférica durante mudanças de altitude. Vamos explorar mais a fundo esse mecanismo para uma visão abrangente.

Como aliviar a pressão nos ouvidos decorrente da altitude?

Embora a sensação de pressão nos ouvidos causada pela altitude seja desconfortável, existem diversas medidas que podem ser adotadas para proporcionar alívio. Confira abaixo uma lista de ações eficazes:

👀 Leia também   Diferença entre surdez e deficiência auditiva: entenda o componente sociocultural

Mascar Chiclete

A mastigação ativa auxilia na equalização da pressão interna e externa, aliviando a sensação de pressão nos ouvidos.

Movimentos de Abertura e Fechamento da Boca

Realizar movimentos amplos de abrir e fechar a boca contribui para ajustar a pressão nos ouvidos durante mudanças de altitude.

Bocejar

O ato de bocejar é uma maneira natural de equalizar a pressão no ouvido, sendo uma resposta eficaz para minimizar o desconforto.

Manobra de Valsalva

Executar a manobra de Valsalva, que envolve fechar a boca e apertar o nariz para permitir a saída do ar, é uma técnica reconhecida para aliviar a pressão nos ouvidos em situações de altitude.
Essas práticas simples podem fazer uma diferença significativa ao enfrentar variações de pressão atmosférica, proporcionando alívio imediato e facilitando a adaptação do sistema auditivo.

Como evitar a pressão nos ouvidos causada por mudanças de altitude?

Para prevenir a sensação de pressão nos ouvidos, é recomendável evitar alterações de altitude, como subir a serra, voar de avião ou mergulhar, especialmente quando se está enfrentando problemas no canal auditivo ou nas vias respiratórias. Condições como alergias, otites, gripes, sinusites ou nariz entupido podem agravar o desconforto, tornando essencial uma avaliação médica antes de se expor a tais variações de pressão.

Além de evitar mudanças de altitude em condições desfavoráveis, há medidas preventivas que podem ser adotadas. Levar alimentos para o trajeto e praticar mastigação e deglutição são estratégias que favorecem a entrada natural de ar, relaxando o tímpano e reduzindo a sensação de ouvido abafado.

Quais são os potenciais riscos associados?

Embora a pressão no ouvido geralmente desapareça ao retornar a altitudes mais próximas ao nível do mar, alguns casos apresentam riscos mais sérios, especialmente quando há condições que bloqueiam a tuba auditiva. Comprometimentos nas vias respiratórias podem levar ao entupimento dessa passagem estreita, impedindo o equilíbrio da pressão interna com a externa.

👀 Leia também   Identificando Sinais de Perda Auditiva em Diferentes Faixas Etárias

Além da pressão no ouvido, o entupimento da tuba auditiva pode resultar em lesões no tímpano, levando a uma perda auditiva temporária. É relevante notar que lesões decorrentes de variações de altitude são denominadas barotrauma.

Adaptação do corpo a condições variáveis

Embora nosso corpo seja habilidoso em se adaptar a diferentes condições climáticas, de altitude e de pressão atmosférica, algumas variações demandam um tempo significativo de ajuste. Essas mudanças podem resultar em pressão no ouvido e desconfortos momentâneos, os quais, como destacamos, tendem a ser amenizados à medida que o organismo se adapta.

Se você notar persistência na pressão no ouvido ou algum grau de perda auditiva após mudanças de altitude, é aconselhável buscar uma avaliação com um otorrinolaringologista. Isso ajudará a verificar se houve algum dano ao canal auditivo que necessite de cuidados específicos.

Agende seu exame de audição na Essencial Aparelhos Auditivos

Esse site trabalha com cookies 🍪 para melhorar as informações e a navegação dos nossos usuários, mas não armazena nenhum tipo de informação pessoal.