Perda auditiva neurossensorial: causas, sintomas e tratamentos | Essencial Blog

Perda auditiva neurossensorial: causas, sintomas e tratamentos

Essa perda auditiva pode variar de leve a profunda e pode afetar tanto a capacidade de ouvir sons quanto a capacidade de entender a fala.

Marcelino Matos em Tempo de leitura: 4 minutos
Perda auditiva neurossensorial: causas, sintomas e tratamentos

Você já se perguntou o que é perda auditiva neurossensorial? Este tipo de perda auditiva, que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, pode ter um impacto significativo na qualidade de vida de quem a vivencia.

Neste post iremos explorar o que é perda auditiva neurossensorial, suas causas, sintomas e opções de tratamento.

O que é perda auditiva neurossensorial?

A perda auditiva neurossensorial refere-se a uma diminuição da capacidade auditiva devido a problemas no sistema auditivo interno, especialmente nas estruturas do ouvido interno ou no nervo auditivo. Isso pode ser causado por uma variedade de razões, incluindo lesões, exposição prolongada a ruídos altos, envelhecimento, infecções, certos medicamentos ou condições genéticas.

A parte “neurossensorial” do termo refere-se à combinação de danos sensoriais (envolvendo as células ciliadas sensoriais no ouvido interno que convertem o som em sinais elétricos) e danos neurais (envolvendo o nervo auditivo ou as vias nervosas que transmitem os sinais auditivos para o cérebro). Essa perda auditiva pode variar de leve a profunda e pode afetar tanto a capacidade de ouvir sons quanto a capacidade de entender a fala.

Causas da perda auditiva neurossensorial

Existem várias causas para a perda auditiva neurossensorial, incluindo:

  • Lesões acústicas: Exposição prolongada a ruídos altos pode danificar as células ciliadas sensoriais no ouvido interno.
  • Envelhecimento: A perda auditiva relacionada à idade (presbiacusia) é comum e muitas vezes afeta as células ciliadas sensoriais e as estruturas neurais.
  • Trauma: Lesões na cabeça ou no ouvido podem causar danos ao sistema auditivo.
  • Infecções: Infecções do ouvido interno ou do nervo auditivo podem levar a danos auditivos.
  • Condições genéticas: Certas condições genéticas podem predispor indivíduos a problemas auditivos.
  • Exposição a substâncias tóxicas: Alguns medicamentos e produtos químicos podem ser prejudiciais ao sistema auditivo.
👀 Leia também   Conexão entre perda auditiva e depressão: Cuidando da saúde mental e auditiva

Sintomas da perda auditiva neurossensorial

Os sintomas podem variar de leve a grave e podem incluir dificuldade em ouvir sons fracos, distorção de sons, dificuldade em entender a fala, zumbido nos ouvidos (tinnitus) e sensação de plenitude nos ouvidos.

  • Dificuldade em ouvir sons fracos: Pessoas com perda auditiva neurossensorial podem ter dificuldade em ouvir sons suaves ou fracos, especialmente em ambientes barulhentos.
  • Distorção de sons: Os sons podem parecer distorcidos ou diferentes do que costumavam ser. Isso pode afetar a capacidade de entender a fala claramente.
  • Dificuldade em entender a fala: Compreender conversas, especialmente em ambientes ruidosos, pode ser desafiador para pessoas com perda auditiva neurossensorial. Eles podem ter dificuldade em distinguir palavras individuais ou seguir o fluxo da conversa.
  • Zumbido nos ouvidos (tinnitus): Muitas pessoas com perda auditiva neurossensorial experimentam zumbido nos ouvidos, que é a percepção de um som irritante ou zumbido sem uma fonte externa. Isso pode ser constante ou intermitente e pode variar em intensidade.
  • Sensação de plenitude nos ouvidos: Algumas pessoas podem sentir uma sensação de plenitude nos ouvidos, semelhante à pressão ou entupimento, como se tivessem os ouvidos obstruídos.

Tratamentos para a perda auditiva neurossensorial

O tratamento para a perda auditiva neurossensorial depende da causa e da gravidade da condição. Opções de tratamento podem incluir o uso de aparelhos auditivos para amplificar os sons, implantes cocleares para pessoas com perda auditiva profunda, terapia de reabilitação auditiva para melhorar a compreensão da fala e, em alguns casos, intervenções médicas ou cirúrgicas para corrigir problemas subjacentes.

É importante consultar um médico ou um especialista em saúde auditiva se você suspeitar de perda auditiva. Um diagnóstico precoce e um plano de tratamento adequado podem ajudar a melhorar a qualidade de vida e a capacidade de comunicação das pessoas afetadas pela perda auditiva neurossensorial.

👀 Leia também   Síndrome da terceira janela: o que é, sintomas e causas

Conheça a Essencial Aparelhos Auditivos

Essencial Aparelhos Auditivos é uma empresa especializada e altamente reconhecida na área de soluções auditivas. Oferecemos uma gama diversificada de aparelhos auditivos modernos e personalizados, projetados para atender às necessidades específicas de cada cliente.

Esse site trabalha com cookies 🍪 para melhorar as informações e a navegação dos nossos usuários, mas não armazena nenhum tipo de informação pessoal.