Síndrome da terceira janela: o que é, sintomas e causas | Essencial Blog

Síndrome da terceira janela: o que é, sintomas e causas

Essa síndrome, geralmente, é provocada por uma falha óssea localizada no canal semicircular superior do ouvido interno.

Marcelino Matos em Tempo de leitura: 4 minutos
Síndrome da terceira janela: o que é, sintomas e causas

A Síndrome da Terceira Janela é uma condição auditiva relativamente rara que afeta o ouvido interno, desafiando a compreensão convencional das estruturas auriculares. Nesta síndrome intrigante, uma “terceira janela” surge no labirinto coclear, além das duas janelas tradicionais: a janela oval e a janela redonda. Essa anomalia pode levar a uma série de sintomas auditivos e vestibulares, desafiando pacientes e profissionais de saúde com sua complexidade diagnóstica e gerencial.

Este artigo busca explorar os fundamentos, sintomas, diagnóstico e tratamento dessa condição auditiva única, destacando a importância da conscientização e da pesquisa contínua para melhor entender e abordar a Síndrome da Terceira Janela.

Sintomas da síndrome da terceira janela

Os sintomas da Síndrome da Terceira Janela podem variar de pessoa para pessoa e podem incluir uma combinação dos seguintes:

  1. Pressão no ouvido: Sensação de plenitude ou pressão no ouvido, semelhante à experiência durante mudanças de altitude.
  2. Zumbido (tinnitus): Percepção de ruídos ou zumbidos nos ouvidos, que podem variar em intensidade e frequência.
  3. Perda auditiva: Tanto perda auditiva de condução (relacionada à transmissão do som através do ouvido médio) como perda auditiva neurossensorial (relacionada a danos no ouvido interno ou no nervo auditivo) podem ocorrer.
  4. Vertigem ou tontura: Sensação de rotação ou movimento giratório, que pode ser leve a grave e interferir nas atividades diárias.
  5. Sensação de plenitude no ouvido: Sentimento de que o ouvido está obstruído ou cheio, mesmo que não haja bloqueio físico visível.
  6. Hipersensibilidade aos sons (hiperacusia): Sensibilidade aumentada aos sons do ambiente, levando a desconforto ou dor auditiva em resposta a estímulos sonoros normais.

Essa síndrome pode ser congênita (presente desde o nascimento) ou adquirida, muitas vezes devido a lesões ou condições médicas que afetam o ouvido interno.

👀 Leia também   10 doenças que podem afetar audição e causar perda auditiva

Diagnóstico da síndrome da terceira janela

O diagnóstico da Síndrome da Terceira Janela pode envolver uma abordagem multidisciplinar. Inicialmente, o médico realiza uma avaliação detalhada dos sintomas do paciente, seu histórico médico e possíveis fatores de risco relacionados à audição e saúde geral. Em seguida, são realizados testes audiológicos, como audiometria tonal e imitanciometria, para avaliar a capacidade auditiva e a integridade do sistema auditivo médio.

Além disso, testes vestibulares, como videonistagmografia (VNG) ou electronistagmografia (ENG), podem ser realizados para avaliar a função do sistema vestibular, responsável pelo equilíbrio e orientação espacial. Em alguns casos, exames de imagem como tomografia computadorizada (TC) ou ressonância magnética (RM) podem ser necessários para visualizar as estruturas do ouvido interno e identificar possíveis anormalidades, como a presença da terceira janela.

A confirmação do diagnóstico da Síndrome da Terceira Janela muitas vezes requer uma combinação desses métodos de avaliação, permitindo que os médicos identifiquem a presença da terceira janela e excluam outras condições auditivas e vestibulares que possam apresentar sintomas semelhantes. Dependendo dos sintomas e descobertas dos testes iniciais, o paciente pode ser encaminhado a um otorrinolaringologista ou a um especialista em otoneurologia para avaliação e gerenciamento adicionais.

A síndrome da terceira janela é reversível?

A reversibilidade da Síndrome da Terceira Janela depende de vários fatores, incluindo a causa subjacente da condição, a gravidade dos sintomas e a eficácia do tratamento. Em alguns casos, especialmente quando a síndrome é causada por uma anomalia estrutural congênita, o tratamento pode ser capaz de corrigir a terceira janela e restaurar a função auditiva e vestibular.

No entanto, em casos mais complexos ou avançados, especialmente quando a síndrome é resultado de lesões ou condições médicas subjacentes, a reversão completa dos sintomas pode não ser possível. O tratamento pode ajudar a aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida do paciente, mas alguns sintomas persistentes podem permanecer mesmo após o tratamento.

👀 Leia também   Identificando Sinais de Perda Auditiva em Diferentes Faixas Etárias

É importante que os pacientes com Síndrome da Terceira Janela trabalhem em estreita colaboração com seus médicos para desenvolver um plano de tratamento adequado e gerenciar seus sintomas da melhor maneira possível. Isso pode incluir uma combinação de terapias médicas, cirúrgicas e de reabilitação auditiva ou vestibular, conforme necessário para atender às necessidades individuais de cada paciente.


Conheça a Essencial Aparelhos Auditivos

Essencial Aparelhos Auditivos é uma empresa especializada e altamente reconhecida na área de soluções auditivas. Oferecemos uma gama diversificada e vários tipos de aparelhos auditivos modernos e personalizados, projetados para atender às necessidades específicas de cada cliente.


Esse site trabalha com cookies 🍪 para melhorar as informações e a navegação dos nossos usuários, mas não armazena nenhum tipo de informação pessoal.